quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Ano Novo 



 O ano está acabando, e o livro aqui do meu lado, com uma mancha de suco de uva causada por um incidente na peça Ouija da escola, só comprova algo que eu já sabia: sou desastrada pra caramba, e isso não mudou. Acho difícil mudar. Se for contar os inúmeros desastres que cometi esse ano, e em todos os outros... Talvez agora fosse uma boa hora para se ler o livro que uma colega de sala indicou, intitulado "O Belo Desastre". Pelo nome parece ter vindo bem a calhar.


domingo, 27 de setembro de 2015

Guia de Compras Online



 Fiz uma lista com algumas lojas onlines que eu acho confiáveis, e que já comprei e deu tudo certo, para recomendar pra vocês. Eu sei que tem gente que ainda tem receio de comprar online, e que em alguns casos é meio arriscado mesmo... Então espero que esse post ajude quem tiver dúvida nessa parte.

sábado, 20 de junho de 2015

Comentários Sobre

Cidades de Papel

 Logo pela sinopse já deu pra perceber que o livro seria extremamente interessante. Só o resumo já é o bastante para despertar a curiosidade e a vontade de levar pra casa. No livro em si, de cara a primeira impressão que tive sobre a Margo é que ela tem muitas características em comum com Alasca, do Quem É Você Alasca?. Ela é popular, linda, misteriosa e no começo da história tinha namorado, assim como a Alasca. E o Quentin era como o Miles: nada popular, meio tímido e totalmente apaixonado pelos mistérios e beleza da garota. Eu até achei que ele meio que endeusava ela, mas ok...
 O bom é que conforme a história foi desenrolando, eu percebi que não era só um romance sobre um garoto comum que era apaixonado por sua vizinha perfeita desde criança. Depois que ela sumiu e ele foi encontrando pistas dela, eu até comecei a achá-la mais simpática. Primeiro vem a diversão, depois o drama. E sim, eu pensei na possibilidade de ela estar morta várias vezes.
 Algumas partes da trama foram cansativas, mas serviu para deixar os leitores mais curiosos e cheios de expectativas sobre o paradeiro de Margo. E o final me surpreendeu muito! Eu acabei me identificando um pouco com Margo e seus motivos de ter fugido. Toda essa coisa de cidades de papel com pessoas de papel, de ninguém conhecer ela realmente, a liberdade de ir embora, não poder voltar para não ficar presa ao lugar e voltar a ser uma garota de papel... Eu penso assim também, e me sinto em um mundo de papel as vezes. O John Green conseguiu descrever isso de forma clara, criando metáforas e um conto bastante original. Ele consegue ser romântico na medida certa, criativo e inteligente, sem criar aquela ilusão toda dos contos de fadas, e eu aaaaaaaaamo essa característica dos livros dele.
 As vezes nós idealizamos demais as pessoas (ou as coisas em geral) e acabamos vendo só a superfície, aquilo que elas nos deixam saber, sem procurarmos por mais. Sem enxergar por trás da janela. Ficamos apenas atrás do vidro, observando, como o Quentin fez. As pessoas são mais do que vemos e imaginamos, e só podemos conhecê-las inteiramente se enxergarmos dentro delas.
 Eu amei a mensagem que esse livro passou. O desfecho foi triste, mas tão sentimental, filosófico e fofo que eu nem pude reclamar. E o trailer do filme ficou ÓTIMO, muuuito parecido com o livro e eu adorei os atores. Só achei que a Margo dublada ficou com voz de travesti, e fiquei meio desapontada por ter só 9 coisas para fazer na noite da fuga em vez de 11, e também me parece que o Quentin vai ao baile de formatura, o que eu não acontece no livro... mas tirando isso está perfeito e eu estou muuuito ansiosa para assistir!!!!

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Não Consigo Dormir


Não consigo dormir.
Juro, juro mesmo que dessa vez você não é o motivo.
Não ache que eu estava pensando em você – eu não estava. Só lembrei agora porque não tinha mais nada pra pensar.
Eu juro.
É sério.
Não reli sua última mensagem pela milionésima vez, nem fiquei pensando nisso.
Aliás, quem é você? Nem lembro mais seu nome.
Não sei de nenhum detalhe seu. Qual era a cor do seu cabelo mesmo? Castanho? Preto? Azul?
Acredite: eu te esqueci.
Até porque, todo mundo sabe que eu não sei mentir, e é clar...
ZzZzZzZzZzZzZzZz...

segunda-feira, 4 de maio de 2015

A Música das Baixinhas



 Hoje uma amiga (que é baixinha) me apresentou a uma música que ela disse ser a música dela. Acho que quase ninguém conhece, por isso resolvi mostrar aqui. A letra é muito fofa, assim como a melodia, e quem é baixinha com certeza vai se identificar, se emocionar, ou até adotar como trilha sonora, talvez.
 Pra ver a letra, clique em leia mais.

sábado, 2 de maio de 2015

1° Wishlist



 Aeeeee, finalmente fiz minha primeira (de muitas) wishlist, Vou fazer um quadro disso, pois achei muito divertido fazer, rsrs. Faltou muuuuita coisa, mas se eu colocasse ia ter que fazer duas, porque não cabe (aí você vê o nível de consumismo da pessoa).
 Eu vou explicar assim por cima, depois coloco o nome de cada coisa em seus respectivos sites. A maioria das coisas eu peguei da wishlist do AliExpress. Eu já li o primeiro volume da série das princesas modernas que a Paula Pimenta está lançando, que chama Princesa Adormecida, e agora quero muuito ler Cinderela Pop (que é o segundo volume da série). O delineador da Vult muita gente fala bem, e como eu nunca usei delineador em gel, esse parece ser uma boa escolha pra começar a usar. Na hora de escolher os livros, fiquei louca e queria colocar todos os que eu quero, mas decidi colocar só os quatro mais urgentes. E o CD do Edinho lá em cima é porque eu estava ouvindo uma playlist dele enquanto montava a lista, e notei mais uma vez o quanto amo esse álbum. Já escrevi muitas crônicas ouvindo as músicas dele. Nem fui no show, mesmo que tenha sido aqui pertinho (choremos), mas queria muito pelo menos o CD pra me acompanhar nos dias de coração partido e brigadeiro de panela. Mas enfim, sem mais enrolações, vamos à lista.

terça-feira, 28 de abril de 2015

O que você prefere?


 O que você prefere: tentar mesmo sem saber se vai dar certo ou conviver com a dúvida de desistir sem nunca ter tentado?
 Pense bem.
 Escolheu? Ótimo, então vamos lá.
 Eu escolhi a primeira opção. Sempre parti do princípio de que as garotas quem devem esperar os garotos e jamais, de jeito nenhum tomar alguma atitude, por mínima que for pelo simples motivo de ser mais romântico, mais bonito, e diria até mais correto. Acho ridículas aquelas garotas que dão em cima (não faça isso!), mas não me entenda mal. Foi (bem) diferente. O que fazer quando alguém começa uma temporada e para no episódio três sem avisar se a série acabou, ou mesmo postar a data do próximo episódio? Pois é, eu também não sei.
 Tive muita influência de uma amiga, é verdade, mas não sinto raiva dela por isso. Agradeço-a. Precisava de um ponto final a qualquer custo. Se tem uma coisa que eu odeio se tratando de romance/pré-romance/relacionamento (vulgo qualquer-coisa-relacionada-ao-amor) são as reticências. Ô coisinha chata são esses três pontinhos, viu? Principalmente para alguém tão insegura como eu. E foi por isso que eu tomei essa atitude (que nem foi grande coisa, vai), mas só porque realmente existia uma dúvida. Não era só coisa da minha cabeça, já que em nenhum momento algum de nós disse algo como “Ô menino(a), perdi o interesse em você”, “Não te amo mais”, ou qualquer coisa parecida. Foi mais pra um sumiço, do nada, sem explicação. Só.
 Não me arrependo do que escrevi – era verdade (e ainda é). O ponto principal é saber se, independente da resposta que obtiver, é isso que você quer: a certeza/a mudança das reticências para vírgulas ou um ponto final. Eu, particularmente, prefiro dar a cara para bater do que morrer sem saber, não sei você. Pelo menos uma vez na vida não fui covarde, e não estou dizendo que você deve fazer o mesmo. Depende do que se quer, das circunstancias e da estrutura emocional de cada um, portanto quando estiver passando por alguma situação assim, se faça essa pergunta:
 Você se conhece. Acha que é forte o bastante?
 A escolha é sua. E o coração também.

 P.S.: Vou dar um exemplo. Pensa em A Culpa é das Estrelas. O Augustus falou pra Hazel que seria uma honra ter o coração partido por ela. Ele sabia os riscos, sabia que ela era uma granada e que poderia explodir a qualquer momento, mas mesmo assim aceitou suas escolhas. Só existem duas opções: ou você parte seu coração ou o mantêm vazio. Aceite suas escolhas e pare de chorar pelos cantos (desculpa, mas eu precisava falar). E se não tiver certeza, espere até ter.
 “Ah, mas dói muito”. Eu sei. Mas é uma dor suportável. Sabe uma doença? É bem parecido.

domingo, 26 de abril de 2015

Séries Curtas 


 Uma amiga minha me disse dia desses que queria assistir séries mas não tinha tempo. Se você também sofre com isso, talvez eu possa te ajudar (um pouquinho, pelo menos).

sábado, 25 de abril de 2015

Look do Dia

 Oi! Eu não ando postando quase nada, mas é porque estou meio sem ideias... Textos eu tenho de monte, mas ficaria cansativo postar só isso. Daí resolvi tentar começar com essa onda de look do dia. Esse foi só um teste, e como é o primeiro eu fiz em casa mesmo, então não reparem no 'cenário'. Acho que vou tentar fazer isso mais vezes, e quem sabe fique melhor da próxima vez.
 O look tem peças bem básicas, fáceis de encontrar e acessíveis, pra que vocês possam tirar uma base e verem como não é só com roupa cara que o look fica bonito. A Forever 21, que todo mundo ama ♥, é uma prova disso.

 

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Comentários Sobre

Faça amor, não faça jogo

 Primeiramente queria pedir desculpas pelo meu sumiço. Mas vocês já devem saber que quando começam as aulas fica difícil ter tempo para as outras coisas. A gente meio que perde a vida social. :/

 Eu não costumo falar de livros de crônicas porque geralmente não tem muito o que falar, mas esse eu tinha que recomendar. Quem não leu ainda, por favor, leia! São vários textos com algumas experiencias e pensamentos de Ique Carvalho (mineiro, 33 anos). Ele é muito romântico! Os textos dele são emocionantes, e quem lê custa a acreditar que um cara pode ter pensamentos assim. Parece coisa que a gente só vê em conto de fadas. Eu demorei muito pra fazer uma amiga minha acreditar que, SIM, esse cara existe. Depois de um tempo ela ficou viciada no blog dele e agora acompanha todos os posts (o blog dele é: The Love Code).
 O que mais me emocionou foram os textos em que ele fala do pai (que adquiriu uma doença degenerativa). Aliás, tudo que ele aprendeu sobre romantismo foi o pai dele que ensinou - um exemplo de homem, que sempre entrega flores para sua esposa, e que pediu para que o filho continuasse entregando mesmo depois que ele não estivesse mais entre eles.
 Um dos meus textos preferidos do livro é o Idas e Vindas. Todos são muito lindos e é difícil ter só um favorito, mas esse é tão fofo. Sei lá, ele simplesmente virou meu xodó. Toda vez que leio, sorrio. É lindo ver que existem homens sensíveis, e esse livro trás muito essa sensação (um dica para quem já desacreditou do amor).
 Todas as pessoas do mundo (principalmente os garotos. E do mundo não, só o Brasil já estaria bom) deveriam ler esse livro. Acho que ele transformaria qualquer ser. É impossível não refletir nas palavras do autor. As pessoas seriam mais sensíveis e sábias se carregassem esses textos para a vida como exemplo ♥

domingo, 1 de março de 2015

Happy B-Day

Justin Bieber

 Eu quase desisti de postar sobre isso, mas como já virou tradição, é melhor não quebrar agora.
 Hoje é o aniversário do Justin Drew Bieber. Sim, aquele menininho que cantava Baby, que está fazendo 21 anos. Jááaa?! Pois é... O tempo passa muito rápido!
 A mídia quase não fala mais dele por causa da pausa que ele deu na carreira, mas acho que esse ano ele vai voltar a cantar. Essa pausa está sendo muito importante pra ele pensar melhor na vida e mudar o estilo, como ele tanto quer.
 Eu o conheci quando ele tinha 16 anos, e nossa, isso me faz sentir velha também kk. É muito tempo. Faz uns cinco anos, ou quase isso. E eu ainda o vejo como aquele mesmo menininho. Na verdade uma parte dele sempre vai ser assim, pois tem coisas na gente que não amadurecem tanto assim (ainda bem). Agora chegar de chororó! Ele está se tornando um homem lindo e responsável (espero), o que é ótimo, então vai ficar tudo bem! Com o resto a gente acostuma.
 Essa é uma idade muito importante nos EUA, acho que como 18 aqui no Brasil ou quase isso, então ele deve estar muito feliz (talvez nostálgico) com isso. Parabéns pra ele!! Que continue encantando o mundo com seu sorriso e nunca deixe de ser o kidrauhl das beliebers ;) ♥

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Comentários sobre

Eu Fico LOKO

 Oiii gente! Faz um tempo que eu não posto aqui. Meu teclado tinha quebrado e eu tava sem ideia pra postar também. Mas eu fui no lançamento do livro Eu Fico Loko e Diário Adolescente de um Apaixonado, do Christian Figueiredo e Rafael Moreira, respectivamente, e resolvi escrever sobre isso. Pra quem não sabe, eles são youtubers e melhores amigos. Eu li os dois livros e gostei muito! São muito engraçados e contam a opinião dos garotos sobre vários assuntos que as garotas muitas vezes querem saber. É bom saber a opinião deles nas coisas, né? A gente acaba entendendo mais como funciona a mente deles.
 Eu, como sou muito dramática, chorei mesmo com o livro sendo de humor. É porque a gente sente que eles estavam perto da gente e se acostuma, aí quando acaba é estranho. Sei lá kkk.
 No final do livro Eu Fico Loko tem uma parte pra você escrever sobre o seu futuro, mas eu acabei escrevendo sobre outra coisa. Como não tem muito o que comentar sobre o livro, já que é mais uma biografia bem humorada e o outro crônicas sobre os assuntos adolescentes, vou deixar isso que eu escrevi no final do livro do Chris aqui. Não se assustem com meu drama, hahá. É que foi muito emocionante pra mim conhecer ele.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Aniversário

 É só mais um dia comum, mas você se sente diferente. Alguma coisa mudou completamente a partir daquele dia. É uma perda misturada com realização. Simboliza o fim, mas também o começo. Ou melhor, recomeço.
 E a cada ano você percebe mais essas mudanças, e tem cada vez mais responsabilidades a cumprir. Mas é isso. É a vida. O processo de crescimento.
 Vão ter dias que você vai acordar chorando, e em outros sorrindo. Mas passa, tudo passa. E as coisas boas já são o bastante para nos dar esperança de dias melhores. Nós temos muito, e podemos ter tudo.
 Todo dia é um novo dia. Idade é apenas um número, é verdade. No final o que conta é o que tem por dentro. Isso não muda completamente, só se ajusta e se adapta, para que você fique cada dia mais perecido com si mesmo.

 Tempo em Modo Acelerar

 Perdi a conta de quantas vezes ri quando os adultos diziam que o tempo passava rápido, que lembravam de quando eu era bebê, que eu tinha que aproveitar a minha idade... Eu nunca levei em consideração, afinal de contas, eu ainda tenho a vida inteira pela frente. Mas é estranho se olhar no espelho e não ver mais aquela menininha que dormia abraçada com uma boneca da Turma da Mônica.
 Acho que quinze anos é uma das idades em que você começa a reparar mais no passar do tempo. Eu sempre achei as garotas dessa idade tão adultas. Parecia que ia levar uma eternidade pra chegar lá. Estava enganada. Passou tão rápido quanto meus pais disseram que seria. E mais uma vez, eles estavam certos. Ponto pra eles.
 Mas crescer tem um lado bom. A gente adquire mais experiência a cada dia que passa. E não tem pra onde fugir: é preciso errar e sofrer se quiser aprender. A vida é uma escola e cheia de etapas. Se fosse um jogo eu teria upado para outro nível. Se fosse um filme eu estaria nos primeiros 8 minutos, provavelmente. Às vezes o filme termina antes de começar, após o trailer, ou pela metade. Nunca se sabe. Pode ter um fim totalmente inesperado. É tudo muito improvisado e repentino. Porque a vida, diferente dos filmes, é imprevisível. E essa é a graça de tudo: não saber o que vai acontecer no próximo segundo, no dia seguinte, ou na semana que vem. Tudo pode mudar a qualquer hora. É isso que nos traz esperança quando passamos por momentos difíceis, e é o que muitas vezes nos impede de desistir. Escrevemos nossa história sem Back Space, sem pause e sem botão pra pular. Não tem edição. Ainda bem. Seria uma chatice se tudo fosse perfeito.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

P.S.: Vou postar dois textos sobre esse assunto, porque esse eu escrevi faz uma semana, mas hoje fiz outro e queria postar os dois.

Tag Liebster Award

Demorei, mas finalmente vou responder essa tag! Fui indicada pela Paloma Miranda. Obrigada Palominha!! Eu não vou indicar nenhum blog porque os que eu queria indicar já foram tagueados, e só restaram uns dois ou três e ficaria sem graça indicar só três. Mas vamos lá:

      11 Fatos Sobre Mim:

  • Sou uma verdadeira metamorfose ambulante (mudo de opinião e de vícios o tempo todo)
  • Sou muito confusa e gosto de escrever pra me encontrar, porque vivo perdida
  • Já mudei de escola cinco vezes (isso mesmo, hahá), e provavelmente mudarei mais vezes (não por problemas, mas porque vivo me mudando de PB pra SP e visse versa)
  • Só consigo fazer um ponto no Swing Copters
  • Já desmaiei
  • Fui assaltada na Bienal do Livro de SP do ano passado (os peruanos levaram meu celular kk)
  • Já vi a Bruna Vieira e a Paula Pimenta (lindas <3 Mas não consegui autógrafo :/)
  • A Bruna (Vieira), o Austin Mahone, o Cameron Dallas e alguns youtubers me aceitaram no snapchat (quase morri de felicidade)
  • Sou muito lerda e demoro um século me arrumando
  • Meus banhos duram meia hora ou mais (me culpem pela falta d'água. Mas eu vou tentar ser mais rápida, prometo)
  • Nunca assisti um filme de terror porque morro de medo


     Perguntas e Respostas da Paloma Miranda:

  • Quais blogs você mais gosta de visitar?
    R: Depois dos Quinze e os meus afiliados ♥
  • Que estilo de música você mais gosta?
    R: Sou bem eclética, mas gosto mais de Pop pra animar e essas mais depressivas pra acalmar. E pra mim a letra de uma música é uma das coisas mais importantes nela.
  • Em que lugar da sua casa você mais gosta de ficar?
    R: No quarto dos meus pais, não sei porquê. Gosto do ambiente de lá.
  • Como você se define?
   R: Vou usar a mesma frase que um garoto já me disse um dia, porque acho que resume bem: "Uma garota inocente que tem medo de viver a vida intensamente". Embora eu esteja mudando e me esforçando pra ser menos tímida, sempre vou ter um pouco dessa timidez. E eu gosto dela. É a minha "marca" eu acho.
  • O que você mais gosta de fazer em seu blog?
    R: Postar meus textos (crônicas/epistolares), claro! Amo escrever mais que tudo!
  • Você tem alguma irmã ou irmão?
    R: Sim. Tenho um irmão mais novo, de 8 anos.
  • Você tem vontade de fazer intercâmbio?
     R: Com certeza! Pra Los Angeles, de preferência.
  • Em qual aplicativo você mais gosta de ficar em seu celular?
   R: We Heart It e Instagram, principalmente. Mas também gosto de Whatsapp, Snapchat, Twitter para fuçar a vida dos famosos kkk, aplicativos de joguinhos e de música.
  • Você prefere ter muitos ou poucos amigos?
    R: Prefiro ter poucos e verdadeiros, porque aprecio mais qualidade que quantidade, e também me sinto meio desconfortável perto de muita gente.
  • Que artista ou cantora você pode se dizer fã?
    R: Suponho que tenha que ser mulher, né? Se for, então Taylor Swift. Admiro ela demais, e gosto de todas as músicas dela. Me identifico muito.
  • O que te levou a criar o blog?
   R: Eu queria um lugar pra me expressar. Assim que me mudei pra SP estava sozinha, ia pra uma escola em que não conhecia ninguém, estava totalmente perdida. Eu sempre quis fazer um blog tipo diário, só pra mim mesmo, já que sempre escrevi em diário, mas acabei conhecendo pessoas e fazendo amigos aqui, e então comecei a divulgar um pouco, pra não ficar só pra mim. Não me arrependo de nada, pois ao longo desses anos aprendi muito com esse blog e esse mundo virtual, e fiz amigos virtuais incríveis, que vão ficar pra vida toda (pelo menos no meu coração, sim).

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Chuva de Pensamentos

 Escrevo sobre o amor da forma mais pura e genuína possível, como pedra bruta antes de ser lapidada. Palavras fluem na correnteza de meus pensamentos e as peneiro aos poucos no papel. Não encontro ouro, não; somente pedaços de carvão e essas rochas feias e sem graça que as moldo como posso, da minha maneira.
 Escrever liberta; amar prende.
 Com reciprocidade e fidelidade ninguém se importa em se prender a alguém, até porque, de todos os sentimentos, o amor é o mais doce e perturbador. Felizmente é mais belo que doloroso. Se com reciprocidade e fidelidade for, meu caro.
 Estamos perdidos: não existe salvação para o mundo, não. Matamos a nós mesmos. Estão destruindo o amor, estragando as músicas, e até os versos – que eram as únicas coisas que nos restavam.
 E depois não se sabe o que será (nem se deve saber).
 “O que você está esperando?”
 Famosa pergunta do Ask, sempre intrigante.
Poderia responder sutilmente, de forma sarcástica, com grosseria ou simplesmente excluir essa coisa idiota.
 Não?
 Sim.
 Ok...
 “O amor, a campainha, um presente, um convite, um olá. Alguém que venha e resolva ficar. Um sinal. Qualquer coisa que me faça acreditar em algo e me traga esperança. E não tire de mim - não de novo.”
 Enter.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

A Culpa é das Estrelas

(Música)


 Fãs de A Culpa é das Estrelas, preparem-se: fizeram uma música inspirada na história!!! Siiiiiiiim, podem morrer de amores já!
 Eu estava assistindo um daily vlog do Christian, e ele falou que um amigo dele estava começando uma carreira musical e mandou o link pro primeiro vídeo dele. É uma música escrita por Samella Rapina, e é liiiiinda. É tipo a visão da Hazel depois da morte do Gus, então ficou meio estranho um garoto cantando isso pra quem conhece a história, mas não deixa de ser fofo. Ele devia fazer de Quem é você, Alasca?, né? Séria mais apropriado, e ficaria lindo também! Quase chorei na primeira vez que ouvi a música. Já me inscrevi no canal, dei joinha, favoritei, baixei a música... kk. Viciei!

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Comentários Sobre

Quem é você, Alasca?


Um livro mais que perfeito do incrível escritor John Green. Não é só A Culpa é das Estrelas que é maravilhoso não, viu? Esse escritor é um mestre. E agora, mais do que nunca, eu sei disso.
Não queria dar spoiler, mas preciso dizer: John Green tem mania de tragédia. Ele gosta de fazer mistério, e do nada faz acontecer alguma coisa que ninguém esperava. Ele adora desintegrar seus leitores. Ele não tem piedade nenhuma. Faz o que faz, deixa a história de cabeça pra baixo, e depois conforta (não sei como). Nos apegamos aos personagens e ele os tira de nós. E depois continua a história sem perder o foco, como se não fosse nada demais, e termina de forma ... (não sei com que palavra completar. Acho que inexplicável mesmo).
Eu não me conformei com o destino de Alasca Young na história. Em A Culpa é das Estrelas, me conformei com o fim porque achei que seria necessário, mas dessa vez não. Miles (o Gordo) poderia ter encontrado o Grande Talvez e a história ainda seria linda sem esse destino. Mas ok, eu entendi o motivo, e acho que foi exatamente isso que fez esse romance não ser um romance comum, mas uma verdadeira obra-prima, tal como A Culpa é das Estrelas. Os livros de John Green são obras (literalmente), sim, escritas na mais perfeita harmonia e devidamente calculadas. É tudo tão lindo e perfeito que qualquer coisa que eu expresse sobre esse livro parece insuficiente.
Todos nós estamos presos em um labirinto, e todos saímos em busca de um Grande Talvez - mesmo sem perceber. Simples e definitivamente impecável.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Penteados Fáceis



Usar só cabelo solto cansa, mas dá preguiça de fazer outros penteados (porque leva tempo, são difíceis, as vezes você não tem tempo...). Eu não costumo fazer penteados, mas me deu uma vontade de cuidar do meu cabelo, assim do nada. Resolvi fazer esse tutorial pra ver se eu deixo de preguiça, e quem sabe vocês se interessem também.
Meu cabelo tem muita frescura. Às vezes ele fica oleoso demais, do tipo pesado, e às vezes fica seco demais, estilo Maria Betânia (não é exagero, acreditem. Hahá). E a minha franja tem essa mania de ondular (não aquele ondulado bonitinho. É um ondulado meio torto e sem forma, e só na franja, que é a parte do cabelo que eu mais quero que fique lisa). Vou começar a testar vários produtos também, e depois faço um post aqui no blog.
Mas enfim, vamos aos penteados:


Esses penteados são muito fáceis e fofos, e não precisa de nada além de um elástico de cabelo e uma escova.


Eu ameeeei esse penteado. É muito fofo e fácil de fazer, e dá pra ir pra todo lugar com ele, até pra uma festa quando estiver com preguiça de se arrumar.


Esse é super fácil também e não requer nada além de grampos. Dá pra fazer pra ir pra escola, pra quem estuda de manhã e não tem tempo de se arrumar, pra quem estuda a tarde também, pra ir no shopping...


Quatro opções simples, que dá pra usar tanto pela manhã, quanto pra sair à noite. Quem tem o cabelo ondulado nas pontas fica ainda mais bonito.


Esse vídeo não é de penteados, mas de produtos. São produtos pra quem usa progressiva ou faz muita escova e chapinha no cabelo. A maioria são importados (alguns dá pra achar na Sephora, então vale a pena conferir), mas esse Aussie tem aqui no Brasil (em lojas online pelo menos). Todo mundo fala dele e eu to louca pra experimentar! Não é muito barato, mas deve valer a pena, já que todos amam e recomendam.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

É Só Você


E de repente, tudo ao meu redor desfocou. Perdeu toda cor e brilho, ficou cinza, depois nublado, e então começou a chover. Não em terra, não lá fora, aqui dentro. Só em mim.
Todos riam menos eu – as piadas não tem tanta graça se não forem contadas por você. E as estrelas, que costumavam iluminar minhas noites, apagaram-se. Ou estão aí e só não consigo vê-las? Será que eu preciso usar óculos?
Até parece. Há meia hora enxergava tudo nitidamente e agora, embaçado. Estou chorando? Não sinto lágrimas...
Nem choro nem problema de visão. A culpa é sua.
É essa mania de gostar de você e esse medo de te perder, mesmo antes de te ganhar.

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Canais do YouTube

1 - Adquiri um novo vício e uma certa paixão platônica por youtubers. Tudo começou quando uma amiga minha me apresentou há pouco tempo um tal de Gabriel Peixoto. Eu já assistia alguns canais mas não com muita frequência, e me identifiquei com esse garoto e suas corujas. Detalhe: ele não corta os vídeos. Talento sim ou lógico? Sem contar que é muito engraçado, claro. E lindoooooo. Você já viu algum garoto de dezessete anos famosinho que mal sai de casa, mesmo nas férias? Ele existe sim, e tem nome e endereço. Fofo <3


2 - Depois disso comecei a assistir vários canais o tempo todo, o dia inteiro. Aí conheci o Whindesson Nunes e, olha só, nordestino! Aêêêê!! Ele não precisa fazer esforço nem planos de vídeo pra fazer a gente rir. E dá pra sentir que conhece ele só em assistir. Ele também canta e compõe músicas lindas. O melhor dos melhores!


3 - O Kaio Oliveira do Xafurdaria é nordestino também, lindo e muito engraçado. Ele também participou do Minha Parada da Coca Cola, com a Bruna Vieira e o Lucas Rangel! Tem vídeos deles juntos, quem quiser ver é só procurar os bastidores do desafio. Ele é muito amigo do Whindersson e eles moram juntos! Imagina a bagunça que deve ser? Hahá.


4 - Gustavo Stockler do nomegusta (nome SUPER criativo) é a criatividade em pessoa. Ele é bom ator e alguns de seus vídeos tem uma superprodução. Parece até filme, sabe? E os vlogs também são muito divertidos. É um dos canais mais completos e originais, e, gente, ele é muito lindo e maduro, é amigo dos youtubers mais famosos e atençãaaaaaao: ele assiste os canais de moda também kkk. Sério. Ele assiste os canais das blogueiras e conhece todas. Não é perfeito? Eu tô apaixonada *-*


5 - Júlio Cocielo do CanalCanalha é outro muito bom. O forte dele é o Solo a Dois. É de morrer de rir. Também é amigo dos youtubers famosos e faz participações hilárias. Ele praticamente nunca (acho que nunca mesmo) leva alguém pro canal dele, mas vive indo pro canal dos amigos. Você sempre vai encontrar ele no fundo de algum vídeo fazendo caretas ou falando besteira. Só em olhar pra ele dá vontade de rir. Mas ele é lindo, viu? Só que muito palhaço.


6 - O Christian Figueiredo do EU FICO LOKO com certeza você já ouviu falar. Todo mundo conhece a frase "Eai meus loucões e louconas desse Brasil, tudo bem com vocês?". Ele tem até livro! Já está na minha lista de desejos. Ele gosta de escrever e transforma o que escreve em vídeos. Os vlogs dele são os mais divertidos. Ele entende o universo feminino muito bem e até o nosso jeito de pensar. Não sei como, mas entende... Quando junta ele e o Gusta ou o Júlio, ou os três juntos, é uma comédia. Separados já são bons, juntos então são melhores ainda.


7 - Lucas Lira do invento na hora é mestre em frases e situações engraçadas. Dele também você já deve ter ouvido falar. Ele mostra aquilo que a gente pensa mas tem medo de dizer, em várias ocasiões e de vários jeitos, sempre com muito humor. Mais um canal top.


8 - Luba do LubaTV é muito amigo do Gusta. Ele é gay (e já assumiu isso. Inclusive no último vídeo deixou claro que não namoraria uma menina hoje, acabando com as esperanças de todas as suas fãs...), é muito divertido também e tem um jeitinho que é só dele. Ele e o Gusta juntos é demais. Bromance Guba eu shippo ♥

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Feliz 2015!!!

"Adeeeeeeus ano velho, felizzzzzzz ano novo, que tudo se realiiiiize no ano que vai nasceeeeeer..."
Ok, essa é música é meio irritante, vamos pra outra:
"Hoje é um novo dia, de um novo tempo, que começou. Nesses novos dias as alegrias serão de todos é só quereeeeeer. Todos nossos sonhos serão verdade, o futuro já começooooooooou..."
Essa é chata também. Parei.
Primeira postagem de 2015 (dãããã) uhuuuuul! Que esse ano seja melhor que o outro e que todos vocês realizem seus sonhos. Falar sobre ano novo é sempre clichê, só tem essas coisas pra falar mesmo, mas vamos na positividade. Sabe aqueles planos que não passam de planos? Comece a torná-los realidade! O tempo tá passando, viu? O tempo tá passando. Tudo que não deu certo no ano passado, vai dar nesse. Se não der nesse, dará no outro. O que importa é que temos um ano inteirinho pela frente com muitas novidades e momentos pra viver. Never Say Never e Believe.